sexta-feira, 31 de agosto de 2012

Os 12 Maiores Psicopatas do Cinema

O mundo do cinema está cheio de psicopatas malucos. Cada um com uma história diferente, mas todos têm em comum o fato de serem muito cruéis, perversos e completamente perturbados. A princípio, eles se mostram uma pessoa normal, conseguem enganar todo mundo, mas sempre tem uma hora em que a máscara cai, e eles revelam toda a sua maldade e só pensam em matar. Aí é a hora da perseguição entre assassino e mocinho de tirar o fôlego, que te deixa tenso e agoniado do outro lado da tela, tentando se comunicar via TV, gritando: CORRE! VAI! ISSO!!! Adoro essas cenas, às vezes até torço pro assassino :P Mas enfim, confira essa lista que eu fiz com os 12 melhores (ou piores) psicopatas do cinema, em minha opinião.

12. Irmãos Bo e Vincent (ambos interpretados por Brian Van Holt em A Casa de Cera, 2005)


Um deles, Vincent, é um homem assustador que esconde-se atrás de uma sinistra máscara de cera. Outro, o Bo, é um bonito rapaz, aparentemente normal. Mas ambos têm em comum o fato de serem completamente malucos, psicopatas que capturam e matam pessoas para que depois sejam transformadas em bonecos de cera hiper realistas. Eles vão causar o terror num grupo de jovens que apareceram naquela pequena e misteriosa cidade toda de cera. Adoro a cena em que Bo, armado com uma espingarda, procura a linda e espertíssima Carly naquela sala de cinema (que exibia ilustrosamente O Que Terá Acontecido a Baby Jane?), onde ela se escondia fingindo ser um dos vários espectadores de cera lá presentes. E aquela cena antológica em que Nick, irmão de Carly, está interrogando Bo enquanto Carly está presa embaixo deles, no subsolo, e consegue mesmo assim por o dedo para fora afim de alertar seu irmão, mas Bo finge que se abaixa para amarrar os sapatos e corta a ponta do dedo de Carly e guarda no bolso! Destaque também para aquele início genialmente bem feito do longa, que mostra a infância dos irmãos psicopatas.

11. Early Grayce (Brad Pitt em Kalifornia, 1993)


O casal Brian e Carrie decide viajar até a Califórnia para fotografar lugares onde aconteceram famosos crimes como forma de estudar os assassinos em série e conseguir divulgar um livro a respeito. Sem dinheiro, eles decidem convidar outro casal para dividir as despesas da viagem e acabam conhecendo Adele (Juliette Lewis) e Early Grayce (Brad Pitt). Mas eles descobrirão que estão mais próximos de um serial killer do que gostariam... Não tem coisa melhor do que ver Brad Pitt (meu ator favorito) no papel de um psicopata, ainda mais quando ele interpreta tão perfeitamente o personagem. Early Grace é um assassino que não mede seus atos, é um cara durão, sem frescura, que simplesmente mata quem achar que for preciso. Ao lado de Adele, sua meiga e submissa namorada (este é o meu casal favorito do cinema =P) ele vai conturbar, e muito, a viagem de Brian e Carrie e mostrar a eles o que é um serial killer de verdade. Amo esse filme!

10. Max Cady (Robert De Niro em Cabo do Medo, 1991)


Max Cady é um assassino e estuprador que foi condenado a prisão por culpa de seu advogado de defesa, Sam Bowden, que omitiu provas. Mas depois de passar 14 anos preso, Max volta com tudo para se vingar. Ele aproveitou o tempo livre na prisão para estudar direito e conhecer muito bem as leis. Com isso, ele começa um jogo psicológico e dentro da lei com seu ex-advogado, inclusive seduz sua filha (teria coisa pior para um pai?) e passa a atormentar "legalmente" toda a família, enquanto Sam não pode fazer nada contra ele. Mas o bicho realmente pega quando eles estão isolados no Cabo do Medo, uma espécie de iate da família, onde Max revela sua verdadeira natureza, um psicopata perverso e com sede de vingança, e as coisas ficam realmente feias para a família que se encontra a mercê de um assassino cruel e descontrolado. Grande interpretação de Robert De Niro, que foi indicado ao Oscar pelo papel.

9. Alex Forrest (Glenn Close em Atração Fatal, 1987)


O advogado bem sucedido e casado Dan (Michael Douglas) achou que ia simplesmente passar o sal na personagem de Glenn Close e depois largá-la, mas estava muito enganado. Ele se arrependeu e decidiu cancelar o affair, mas ela não vai esquecê-lo tão facilmente assim. A maluca se revela uma verdadeira psicopata e passa a perseguir e aterrorizar a família do cara, chegando a tomar atitudes extremas por "amor". Em certa cena, ela cozinha o coelho de estimação da filha do ex amante e tenta esfaquear a mulher dele, mas acaba se dando mal depois que ele mesmo a afoga na banheira.

8. Patrick Bateman (Christian Bale em Psicopata Americano, 2000)


Rico, bonito e psicopata, Patrick Bateman pira só de ver que alguém pode mais do que ele. O simples fato de um colega de trabalho ter um cartão de contato mais elaborado do que o dele, já é motivo para virar uma vítima desse playboy narcisista. E como esquecer aquela hilária cena em que ele corre pelado e com uma serra elétrica na mão para matar uma prostituta com a qual ele acabara de transar? A interpretação de Christian Bale merecia ao menos uma indicação ao Oscar. (Vocês perceberam a relação do sobrenome "Bateman" com o personagem que iria marcar a carreira do Bale anos depois, o "Batman"?!)

7. Anton Chigurh (Javier Barden em Onde os Fracos Não Têm Vez, 2007)


Llewelyn Moss (Josh Brolin) encontra uma maleta contendo dois milhões de dólares, só que ele nem imaginava a encrenca em que estava se metendo. Com isso, ele se botou na mira de Anton Chigurh (Javier Barden), um assassino frio, que agora está contando com o auxílio de um rastreador dentro da mala para perseguir incansavelmente o homem que a roubou, matá-lo e recuperar o dinheiro. Calado e sem nunca dar um sorriso, Anton mata tão naturalmente como anda e respira, baseando-se numa moeda para decidir se uma pessoa merece viver ou ser morta. O homem não hesita em meter chumbo em quem for preciso (e até mesmo em quem não for preciso) para encontrar e executar o portador do seu dinheiro. Além daquele seu cabelo esquisito, ele também chama atenção pelas armas que usa: uma espingarda com um silenciador enorme e uma arma de ar comprimido que em certa cena, ele utiliza para abrir um buraco na testa de um homem inocente. Barden ganhou um merecido Oscar de melhor ator coadjuvante pela sua interpretação simplesmente fantástica.

6. Peyton Flanders (Rebecca De Mornay em A Mão Que Balança o Berço, 1992)


Uma mulher traumatizada com o suicidio do esposo e consequentemente a perda de seu filho decidi trabalhar de babá justamente na casa da mulher que fez o seu marido se suicidar (vai ter que ver o filme pra saber o porquê) para ter sua vingança. Ela apresenta-se como uma mulher educada e muito dedicada, a babá perfeita, conseguindo facilmente o emprego, mas é, na verdade, uma psicopata com cara de anjo. Ela começa a se apegar bastante com a pequena filha da patroa e quer ficar com a criança para si. Para isso, ela passa a fazer de tudo para eliminar a mãe da menina. Esconde a bombinha de ar da verdadeira mãe da garota e quase mata a mulher sufocada, antes disso, preparou uma perigosa armadilha na estufa para matar a patroa, e quem não ficou com ódio dela depois do que ela fez com o jardineiro negão? Com essas e outras maldades cometidas sempre de forma indireta e insuspeita, Peyton vai destruindo a vida de toda a família sem ser descoberta. Mas como eu já disse, sempre tem uma hora em que a máscara cai e é quando a maluca pira mesmo e tenta matar todo mundo! A psicótica deixou muitos casais da vida real com o pé atrás na hora de escolher uma babá...

5. Annie Wilkes (Kathy Bates em Louca Obsessão, 1990)


Neste longa, Annie (Kathy Bates), uma conturbada ex-enfermeira com terríveis antecedentes criminais por matar bebês, é uma grande fã de Paul Sheldon (James Caan), um escritor de sucesso. Quando este sofre um acidente de carro durante uma nevasca, ela tem a sorte de encontrá-lo e o leva para casa dela, onde mora sozinha, tratando seu ídolo como um rei. Mas após descobrir que sua personagem favorita, a Misery, morre no último capítulo do livro que protagoniza, Annie fica muito decepcionada e aprisiona Paul em sua casa, exigindo que o escritor reescreva e altere a história. Para isso, ela o tortura e, inclusive, quebra os seus tornozelos com um machado para evitar que ele fuja, revelando-se uma mulher completamente perturbada. Kathy Bates ganhou um Oscar por sua interpretação fantástica desta fã psicótica, neste filme excepcional.

4. Esther (Isabelle Fuhrman em A Órfã, 2009)


Esther é uma órfã russa e a família que a adotou morreu em um incêndio. Mas agora, um casal traumatizado com a perda de um filho, mesmo tendo outros dois biológicos, decidem adotá-la. Eles nem imaginavam o quanto iriam se arrepender disto. De Jaume Collet-Serra, o mesmo diretor de A Casa de Cera que mais uma vez optou por uma história de assassino bem original, este filme é perfeito e Esther é a cereja do bolo. Muito bem interpretada pela ainda inexperiente Isabelle Fuhrman, ela consegue enganar a todos com aquela sua carinha de menina meiga e inocente, mas vai fazer da vida daquela família um inferno. As maldades que essa garota faz no filme são incomparáveis. Sínica, ela manipula e consegue jogar uma pessoa contra a outra só para conseguir o que quer, além disso, a sonsa arma cada uma pros seus irmãos e ainda se faz de coitadinha para o pai. Eu amo a Esther, ela é tão perturbada e louca, tem uma história incrível e a cena dela com a maquiagem toda borrada enquanto descobrimos o seu misterioso segredo, para mim, foi memorável, assim como aquela cena no hospital, em que ela leva um merecido tapa de sua mãe, a única que desconfiava dela e a empolgante briga que acontece entre ambas no final.

3. Jack Torrance (Jack Nicholson em O Iluminado, 1980)


Jack Nicholson interpreta Jack Torrance, um homem que, após entrar no quarto assombrado de um hotel, começa a enlouquecer e querer matar sua esposa e filho. Nicholson criou o maior psicopata do cinema com sua interpretação no mínimo espetacular de Jack Torrance. Em uma de minhas cenas favoritas, ele persegue loucamente sua mulher, com aquela cara de doido (que o Nicholson naturalmente já tem, por isso o papel lhe caiu como uma luva) e com um machado na mão, ao som de uma trilha sonora perturbadora - mas fantástica - e os gritos estridentes da esposa, que, desesperada, se tranca no banheiro junto com o filho. Jack diz, na maior cara de pau, que vai “assoprar” se os porquinhos não o deixarem entrar, e então, ele dá uma machadada na porta, e no buraco que fez, põe o seu rosto insano e diz: “Here’s Jonnhy”, nesta clássica cena que é inclusive a capa do filme. O próprio Jack Nicholson afirmou que nunca mais conseguiu livrar-se dos trejeitos do personagem depois de sua intensa atuação.

2. Hannibal Lecter (Anthony Hopking em O Silêncio dos Inocentes, 1991)


Culto e refinado; psicopata e canibal, o doutor em psicologia Hannibal Lecter é de causar calafrios! Ele faz movimentos pertubadores com os dedos e sons estranhos com a boca, sem falar naquele seu olhar penetrante que deixa qualquer pessoa intimidada. A mistura de elegância e inteligência associado ao seu hábito de comer carne humana, faz de Hannibal Lecter um dos maiores psicopatas do cinema e, claro, a soberba interpretação de Hopkins, que ganhou Oscar pelo papel, também contribuiu muito para isso. A cena em que Hannibal escapa de sua prisão é memorável! Além de tudo, o seu passado, explicado no filme Hannibal - A Origem do Mal, também é muito interessante e trágico. Ainda criança, ele perdeu ambos os pais na 2ª Guerra Mundial e os soldados nazistas, num acesso de fome devido ao intenso inverno, comeram sua irmazinha, o que despertou dentro de Hannibal este incomum gosto gastronômico, o que fez com que ele tivesse que usar esta icônica máscara. Anthony Hopkins deixou sua marca na história do cinema com este personagem inesquecível!

1. Norman Bates (Anthony Perkins em Psicose, 1960)


O primeiro colocado não poderia deixar de ser o tímido, adorável e totalmente insano Norman Bates. Ele é o primeiro grande serial killer da história do cinema, é o responsável pela cena de assassinato mais famosa da sétima arte - aquela em que ele esfaqueia uma mulher no chuveiro - guardava o cadáver de sua mãe em casa enquanto fingia ser a própria, vestindo suas roupas, imitando sua voz e matando em seu nome qualquer moça que aparecesse naquele seu isolado e remoto hotel. Inspirado no "serial killer" real Ed Gein, o mestre Hithcock trouxe ao cinema pela primeira vez a figura de um psicopata, abrindo portas para todos os outros filmes desta lista. Um clássico na melhor definição da palavra.

~ Menções Honrosas ~


Jason, Freddy Krueger, Mike Mayers, Leatherface, Ghostface, Chuck, Pinhead e cia. Estes serial killers são a pura personificação da morte e do medo. Com um facão, garra, motosserra ou sei lá o quê, eles dilaceram facilmente suas vítimas, que geralmente são adolescentes que acabaram de transar, fazendo muitas cabeças voarem e muito sangue jorrar. Mesmo eles sendo clássicos e muito populares, não tem como eles competirem com esses mestres da lista, né?

Sintam-se livres para dizer nos comentários se vocês acham que faltou alguém na lista e qual o seu psicopata favorito do cinema, vou adorar saber! 

45 comentários:

  1. Em minha opinião, a Annie, de louca obsessão vem antes da menina de Orfã... Kathy foi milhares de vezes melhor! Eu tbem colocaria a Glen Close mais à frente... mas, como eu disse, em minha opinião. rsrsrs... tipo, numa lista pessoal! Mandou bem em muitos dos citados...

    bjks :)

    JoicySorciere => CLIQUE => Blog Umas e outras...

    ResponderEliminar
  2. Gostei da lista.Confesso que muitos desses eu não vi,mas só pela descrição fiquei com aquele gostinho de :quero ver o filme.A casa de cera sinceramente eu esperava mais dela.

    E depois de crescida,e sabendo que é apenas ficção Chuck e Freddy Freddy Krueger são os que eu mais gosto.Bjs

    ResponderEliminar
  3. Joyce, eu adoro a Annie, ela é sensacional, ganhou Oscar, o filme é um clássico, mas a Esther, que pertence a um simples filme de 2009, marcou minha vida com aquela loucura única, a sua história e o seu segredo que me surpreende até hoje. "Algo" dentro de mim me fez bota-la na frente da vilã de Louca Obsessão, ñ sei explicar direito, adoro a Esther...

    Ianna, apesar de eu gostar bastante deste filme, admito que A Casa de Cera é fraco perto dos outros da lista, principalmente por causa da inclusão no elenco de Paris Hilton e aquele seu namorado, junto com aquele cara da câmera, que tornam o filme mais idiota e banal, mas o ponto forte são justamente os assassinos criativos perseguindo os protagonistas principais, os adoráveis Carly e Nick, pelo menos eles se destacam no filme, por isso a presença na lista.

    E o meu assassino "trash" preferido é o Jason, acho ele tão foda...

    Abraços e obrigado por comentarem!

    ResponderEliminar
  4. Os três primeiros são inquestionáveis, mas eu colocaria Freddy na lista principal e não como menção honrosa. Abraço, Gabriel!

    ResponderEliminar
  5. Fábio, Eu só não botei Freddy na lista porque se não teria que pôr também o Jason, o Michael Myers, Leatherface, Chuck... e acabaria não sobrando espaço para os outros, por isso resolvi botar todos eles em uma menção honrosa.

    ResponderEliminar
  6. era pra ter feito um top 20 ai cabia todos kkk

    ResponderEliminar
  7. Norman Bates não poderia faltar! Além de ser icônico, ele até mesmo é simpático, em minha opinião. Max Cady também é um grande personagem, não apenas na interpretação de De Niro, mas também na versão original de Cabo do Medo, de 1962, em que ele é vivido por Robert Mitchum.
    Muito interessante ter mulheres na lista, nem sempre pensamos nelas quando ouvimos falar em psicopatas.
    Abraços!

    ResponderEliminar
  8. Iai Gabriel, Como vai cara!
    Po, não canso de dizer que seu blog sempre me surpreende com suas ótimas listas e suas inéditas curiosidades (como aquele post sobre as doenças mais raras que divulguei pra todos meus amigos do dia a dia,que assim como eu ficaram boquiabertos,)enfim... referente esse post, parte desses filmes já tive o privilégio de assistir portanto posso concordar com você quanto a sua escolha. São grandes Psicopatas mesmo! Psicose não poderia ter ficado em posição melhor!
    Acho que só faltou os serial killers de ASSASSINOS POR NATUREZA, você já deve ter visto não é? No Mais, ótima lista!

    Grande Abraço!!!

    ResponderEliminar
  9. Jefferson, infelizmente ainda não consegui ver Assassinos por Natureza, mas vou procurar fazê-lo o mais rápido possível! Eu sempre quis ver esse filme mas ainda não consegui achar :(

    Quanto ao post das doenças, acredita que eu estava dando uma editada nele e não sei bem o que aconteceu mas quando fui ver havia perdido todo o post?!! Antes ele estava alí entre os mais lidos, mas repare que agora não está mais!! Mas, acho que vou refazê-lo \o

    ResponderEliminar
  10. Gostei muito de sua lista, meu caro, mas faltou um personagem que eu considero TOP 5 com certeza: O Coringa, avatar do caos e nêmesis do Cavaleiro das Trevas, melhor psicopata da década passada e imortaçizado por Heath Leadger.

    ResponderEliminar
  11. Pois é, Mariana, o Coringa de Leadger realmente foi épico, não tenho nem o que argumentar, você me pegou! Não sei o que deu em mim para não pôr ele na lista, mas ainda bem que você o mencionou (adorei sua descrição de "avatar do caos e nêmesis do cavaleiro das trevas"). Abraços!

    ResponderEliminar
  12. gabriel, você deixou de fora o 'jigsaw', um dos mais inteligentes de todos! como assim?

    por mim esther estaria fora da lista...

    ResponderEliminar
  13. Olá, parceiro, depois de umas pequenas férias, O FALCÃO MALTÊS está de volta, disposto a continuar celebrando sua paixão pelo cinema clássico.
    Excelente post, Gabriel.

    Cumprimentos cinéfilos!

    O Falcão Maltês

    ResponderEliminar
  14. Sander, Jigsaw também é ótimo, mas não o botei na lista porque ele é muito paradão, ele não mata ninguém, apenas faz as pessoas se matarem, como ele mesmo diz no filme Jogos Mortais.

    ResponderEliminar
  15. Com uma lista dessas, fica difícil opinar, mas Jack Nicholson dá um show!

    ResponderEliminar
  16. Excelente lista, eu pessoalmente tiraria alguns nomes e acrescentaria outros, como por exemplo a personagem principal de "Monster" e o serial killer de "Se7en". Eu manteria as três primeiras posições e para completar o top 5 eu trocaria a Esther pelo Max Cady.

    http://sublimeirrealidade.blogspot.com.br/2012/09/habemus-papam.html

    ResponderEliminar
  17. Ola Gabriel,achei tua lista perfeita do começo ao fim.Não mudaria nada.Abs.

    ResponderEliminar
  18. Adorei a lista. Mas eu queria saber qual o nome do filme que tem um cara que ele é psicopata também e tem uma cena que ele abre a cabeça de um homem, tira um pedaço do cérebro e coloca na frigideira. Por favor, qual o nome desse desse filme? Obrigada desde já.

    ResponderEliminar
  19. Anônimo, essa cena marcante é do filme Hannibal (2001), que sucede O Silêncio dos Inocentes (1991). A franquia do psciopata canibal que ocupou o segundo lugar da lista ainda tem mais dois filmes. Dragão Vermelho (2002) e Hannibal: A Origem do Mal (2007).

    Bruno, eu não coloquei o serial killer de Se7en porque, apesar de seus métodos serem muito originais e instigantes (matar suas vítimas de acordo com os sete pecados capitais), nós não vemos em momento algum ele matando e ele só aparece nas últimas cenas do filme! E infelizmente ainda não vi "Monster", estou doido para assistir, amo a Charlize Theron!

    Suzane, que bom que vc concordou interamente com minha lista!

    ResponderEliminar
  20. Oi Gabriel!
    Valeu por ter curtido os cosplays!
    Sue post está excelente..porém eu acho que o Hannibal é um dos mais fantásticos e talvez merecesseo p irimeoro lugar da lista..ele foi capaz de fazer a policial se apaixonar por ele! De forma quase impeceptível mas incrível;
    E faltou o Alex de Large..apesar de adolescente, ele e um notório psicopata. E o mesmo valeria para o personagem de Macaulin Calkin em Anjo Malvado: a psicopatia infantil pode ser assustadora.
    bjs

    ResponderEliminar
  21. Oi Tsu! Entendo a sua vontade de ver Hannibal em primeiro lugar, mas coloquei o Norman Bates tb pela sua história diferente e interessantíssima baseada num serial killer real, mas principalmente como uma forma de homenagem, já que ele foi o psicopata que mais marcou na história do cinema, cometendo a cena de assassinato mais famosa de todas (vamos combinar que isso é algo muito valioso no currículo de um psicopata que queira se consagrar entre os maiores do cinema) Como eu disse no post "clássico na melhor definição da palavra", porque clássico é aquilo que serve de modelo, que inspira... e é isso que o Norman, assim como o filme do Hitchcock em geral, faz até hoje. Sei que vc vai querer me matar por isso, mas apesar de o Alex, de Laranja Mecânica, se encaixar sim no perfil de um psicopata (e ser muito cult), sinceramente, acho que ele não barra a galera da lista, se formos comparar a sua história, as maldades que ele faz... sem falar que nem vemos ele "psicopatando" tanto no filme, já que na metade deste ele faz aquele tratamento e "se torna bonzinho"... Ah, e quero muito ver Anjo do Mal!

    ResponderEliminar
  22. ÓTIMA, a sua matéria..... e embora eu discorde um pouquinho da ordem, parabéns pelo post... até mais... abraço...

    http://www.leituradecinema.com.br/2012/09/os-vingadores.html

    http://www.leituradecinema.com.br/2012/08/planeta-dos-macacos-origem.html

    ResponderEliminar
  23. Então Gabriel..entendo sim..mas você sabia que a história de Silêncio dos Inocentes foi baseada em um fato real de serial killer: o Buffalo Bill foi um retrato de Ed Gein, um dos mais memoráveis seriais killers dos EUA. Ele realmente fazia com as vítimas o que o personagem faz no livro/filme.
    É que o Hannibal possui uma genialidade que chega a encantar.
    Quanto ao Alex o que vejo ali é um psicopata com potencial...ele é adolescente então sua crueldade ainda não está totalmente formada...mas toda vez que vejo o Alex eu vejo essa juventude sórdida da sociedade brasileira, que consegue ser pior do que os adultos.
    bjs!

    ResponderEliminar
  24. Sabia sim, Tsu (lembra q fiz um post sobre o Ed Gein e os filmes que ele inspirou? é só pesquisar no blog) só não mencionei isso qd falei do Hannibal pq o Ed Gein não inspirou este personagem, mas sim o do Buffalo Bill, o outro psicopata do filme (que inclusive aparece mais q o próprio Hannibal, mas ainda assim é ofuscado pela atuação magnífica do Anthony Hopkins).

    E como vc disse, o Alex é um psicopata em formação, por isso tb achei ele ainda meio fraco para entrar nesta lista :) Bjs

    ResponderEliminar
  25. Adorei a lista..e concordo com todos eles. Nicholson então está the Best em O Iluminado.

    abraços

    ResponderEliminar
  26. Que bom que concordou com minha lista, Renato. E sim, a atuação de Jack Nicholson em O Iluminado é estupenda, uma das melhores que já vi!

    ResponderEliminar
  27. A Esther é foda! Desculpe o palavreado, mas só assim posso descreve-la. Eu não tiraria ela, o Jigsaw, Jason, o Freddy e esses montros ou mascarados não fazem falta alguma. Exceto o Ghostface, principalmente a Jill de Pânico 4!

    ResponderEliminar
  28. Eu adorei sua lista,mas achei que você deveria ter colocado o Michael Myers na lista principal,não digo isso por que adoro ele haha mas Halloween foi e é um dos filmes de terror mais bem sucedidos feito com um orçamento baixíssimo,foram 7 filmes,décadas espalhando terror,ele merece hahaha
    Mas fora isso fico tudo perfeito
    Beijo

    ResponderEliminar
  29. Não assisti a maioria desses filmes principais , soh A Orfã e Psicose. Psicose eh meu filme favorito ( o original , claro . Não gosto do remake ).Agora , o ghostface eh muito massa , assisti todos os 4 filmes da serie , eh meu assassino preferido . Tu deveria fazer um post com os protagonistas mais fodas , e claro , incluir Sidney Prescot nele kkkkk. Gostei muito do seu blog , abraços guri.

    ResponderEliminar
  30. Adoorei a lista, e digo que pra mim a segunda e a primeira colocação são clássicos de assassinos psicopatas, e fiquei muito feliz com o meu ator favorito Anthony Perkins no papel do Norman tá em primeiro lugar, aliás mais que merecido pois nois 4 filmes de psicose ele teve uma excelente atuação, assim como a dos outros onze da lista que tiveram o mérito.
    Ótima lista ;)

    ResponderEliminar
  31. Não vi todos esses filmes, então não posso opinar sobre o nível dos citados, mas alguns são simplesmente ícones de psicopatas (principalmente o top 2 que não poderia ser diferente). Mas por que eu digo o top 2? Porque o Jack Torrance não encaixa muito aí. Ele não é, tecnicamente falando, um psicopata. Como vc mesmo disse, ele "surtou", teve um ataque psicótico devido a perturbações num determinado momento da sua vida. Psicopatia não tem explicações 100% aceitas, alguns defendem que vem da infância (como no caso do Hannibal), ou que poderia até ser genético. Mas a maior característica do psicopata é: ele é uma pessoa fria, que faz de tudo para alcançar seus objetivos, sem arrependimentos. Lembrando que nem sempre chegam a matar, mas quase sempre pro cinema esses extremos são muito mais legais, né? No lugar do Jack Torrance talvez eu colocaria o Coringa, seja do Heath Ledger ou do próprio Jack Nicholson (mas o do Ledger dá muito mais medo, vá lá?). Só fico na dúvida: o objetivo "caos, caos, caos, caos, caos" do Coringa deve ser válido, né? haha

    ResponderEliminar
  32. Annie Wilkes deveria estar em terceiro lugar na minha opinião, ela e completamente psicótica.

    ResponderEliminar
  33. Eu aprecio psicopatas como ninguém. Meus favoritos são os da vida real, mas os ficticios são imprecionantes.
    Mas quando os fatos contados são baseados em fatos reais ficamos espantados com tão horror. Mas temos que adimitir que psicopatas são inteligentes e são dados como loucos. Muitos intelectuais forão dados como loucos.

    Thais K. S. Cunha

    ResponderEliminar
  34. A lista ficou ótima, só achei que faltou aquela menina de "Caso 39"

    ResponderEliminar
  35. Dr. Hannibal Lecter devoraria todos os seus concorrentes desta lista! kkkkkkkk

    ResponderEliminar
  36. Dr. Hannibal Lecter devoraria todos os seus concorrentes desta lista! kkkkkkkk

    ResponderEliminar
  37. E ai Gabriel gostei da sua lista so acho que faltou o coringa interpretado por heath ledger em Dark Knight e tambem de Alex Delarge de Laranja Mecanica um abraco

    ResponderEliminar
  38. Amigão, não se esqueça do grande filme Spoorloos.

    De longe a melhor caracterização de um psicopata que eu já vi.
    http://www.youtube.com/watch?v=o1OC3yFS8zo

    ResponderEliminar
  39. Adorei a lista. Gostaria de ressaltar que a trilha sonora do filme "Iluminado" é da Banda "Slipknot" com a música "Spit It Out". Minha banda favorita desde 2008. Fora isso adorei muito o primeiro e terceiro colocados.

    ResponderEliminar
  40. Na minha lista dos meus psicopatas dos cinemas de Hollywood preferidos, os 4 primeiros são A Esther, Jack Torrance, Hannibal e é claro o Norman Bates. Por isso eu curtir muito esta sua lista, concordo com tudo, nem ''mas''...Parabéns, cara.

    ResponderEliminar
  41. Esses 4 são os mais carismáticos e memoráveis pra min, na minha opnião. Isso é PERFEITO

    ResponderEliminar
  42. Na minha lista dos meus psicopatas dos cinemas de Hollywood preferidos, os 4 primeiros são A Esther, Jack Torrance, Hannibal e é claro o Norman Bates. Por isso eu curtir muito esta sua lista, concordo com tudo seu, nem ''mas''.
    Parabéns, cara....Esses 4 são os mais carismáticos e memoráveis pra min, na minha opnião. Esta lista é perfeita

    ResponderEliminar

O comentário de vocês é muito importante para o blog, mas por favor evitem escrever muitas palavras abreviadas e cheias de erro, de forma a tornar o texto praticamente ilegível, caso contrário, os comentários serão eliminados. E o façam de preferência de forma não anônima. Obrigado pela compreensão e opinião de vocês. Voltem (e comentem) sempre!